Aviso no Topo do site:
O Senhor é o meu pastor, nada me faltará.

Os crimes sob apuração são os de lavra garimpeira e de usurpação de patrimônio da União.

A Polícia Federal iniciou a Operação Fugitivos, nesta sexta-feira (20), com objetivo de combater a usurpação de patrimônio da União e o crime ambiental perpetrados em garimpo ilegal situado em Orizona. Agentes cumprem dois mandados de busca e apreensão em Catalão, com objetivo de reunir provas, informações e evidências de eventuais outros crimes praticados por grupo envolvido na ação delituosa.

Os crimes sob apuração são os de lavra garimpeira, previsto no artigo 55 da lei 9605/98, e de usurpação de patrimônio da União, previsto no artigo 2 da lei 8.176/91. Em caso de condenação, indivíduos podem ser alvo de penas de até 6 anos de reclusão e multa.

Garimpo em Orizona

A investigação teve início a partir de uma ação policial deflagrada no Rio Corumbá, região do município de Orizona, onde agentes encontraram um sítio de exploração ilegal. Na ocasião, os garimpeiros fugiram, mas abandonaram pertences que serviram para identificação dos proprietários de uma balsa usada para dar suporte ao serviço ilegal.

Na época, canoa e um motor foram apreendidos.

maisgoias.com

Campartilhe.

Sobre o Autor

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPE