Na tarde de ontem, Caiado insistiu na proposta para escalonar o pagamento do salário de dezembro dos  servidores públicos e anunciou mais algumas medidas.

O governador Ronaldo Caiado (DEM), decidiu na noite de segunda-feira (28), que ele vai ficar sem o salário de R$ 25.052,50 até o fim do pagamento do escalonamento do salário de dezembro dos servidores de Goiás. A quantia não fica retida, vai para o pagamento dos servidores.

De acordo com o Governo do Estado, a folha de dezembro de 2018 não foi paga pelo então governador José Eliton (PSDB), que ainda deixou um rombo de R$ 3,4 bilhões.

Na tarde de ontem, durante coletiva, o democrata insistiu na proposta para escalonar o pagamento do salário de dezembro dos servidores públicos e anunciou medidas como o fim do pagamento do salário de R$ 1.500 para soldados de 3ª classe na Secretaria de Segurança Pública, informou que o auxílio-alimentação será pago a todos os funcionários estaduais da educação e que para as demais categorias haverá um teto para quem recebe até R$ 5 mil.

Caiado também falou que a Segplan autorizou o chamamento de 465 professores aprovados em concurso da
Seduce há cerca de dois anos. Ainda na área da educação foi comunicado que o professor especialista, nível 3, aquele que possui graduação e pós-graduação, o valor do salário deverá seguir o piso nacional, de R$ 2,4 mil.

Campartilhe.

Sobre o Autor

Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim.

Deixe Um Comentário


Banner publicidade 728 x 90 RODAPE

AGORA É HORA DE SER VOCE?